MENU
Abrir
Instale a nossa App
 » CONCELHO » Caracterização » CARACTERIZAÇÃO DO CONCELHO DE LAGOA
CARACTERIZAÇÃO DO CONCELHO DE LAGOA

 

O Concelho de Lagoa situa-se na costa sul da ilha de São Miguel, a maior e mais populosa das nove ilhas dos Açores. Este Concelho, um dos seis em que está dividida a ilha de São Miguel, é limitado pelos municípios de Ponta Delgada (a oeste), Ribeira Grande (a norte) e Vila Franca do Campo (a leste), ficando a sua sede a cerca de nove quilómetros da principal cidade micaelense (Ponta Delgada).

Este Concelho, criado a 11 de abril de 1522 por carta régia de D. João III, conta com 14.442 habitantes, de acordo com os censos do ano de 2011, e apresenta uma área global de 45.6km², que se reparte por cinco freguesias: Nossa Senhora do Rosário, Santa Cruz, Água de Pau, Cabouco e Ribeira Chã.

As freguesias do Rosário e de Santa Cruz constituem a sede do concelho.

A Lagoa é uma das mais antigas povoações da ilha de São Miguel e a sua designação tem origem no facto de ter havido uma espécie de lagoa em frente à atual igreja Matriz de Santa Cruz. Estas primeiras povoações desenvolveram-se para oeste, em direção a uma baía vizinha, onde se acolhiam os primeiros barcos de pesca, designada por Porto dos Carneiros, assim chamado por aí se terem encontrado, em prodigiosa multiplicação, os carneiros em tempos lançados em terra para servir de apoio aos que aqui se viessem fixar.

 

População

De acordo com dados recolhidos nos censos de 2011, conclui-se que no concelho de Lagoa, a população era constituída por 7167 homens e 7275 mulheres, sendo que 5259 são indivíduos no escalão etário entre os 0-25 anos (36% da população, quando a média regional é de 32%) e 1441 possuem 65 e mais anos de idade (10% no concelho comparativamente à média regional de 13%). Assim, conclui-se que a população do concelho, em 2011, totalizava 14.442 habitantes, destacando-se uma relação de masculinidade na ordem dos 98,4% superior à da ilha de São Miguel e à do arquipélago dos Açores, ambos na ordem dos 98%.

Deste modo, verifica-se um constante crescimento no Concelho de Lagoa, iniciado nos anos 20 e que se mantém até meados do século. Isto deve-se à forte taxa de natalidade e à fraca emigração registada. A partir da década 60, nota-se um decréscimo populacional no concelho na ordem dos 5%, entre os anos de 1969/70, e na ordem dos 3%, entre 1970/80, efeito da emigração, sobretudo com destino aos Estados Unidos da América e ao Canadá e também efeito de uma diminuição nos níveis de fecundidade. No entanto, entre os anos de 1911/20 o decréscimo populacional foi ainda maior, 10,2%, consequência da Primeira Guerra Mundial e da epidemia pneumónica. Já nos anos 80, nota-se uma ligeira tendência de crescimento, 0,4%, confirmada na década de 90, com um acréscimo de 9,5% e de 1226 habitantes.

De acordo com dados dos censos de 2011, nota-se maior evidência nas freguesias de Nossa Senhora do Rosário e de Santa Cruz, as freguesias que constituem a cidade de Lagoa.

Com base nos censos de 2011, conclui-se que no ano de 2011 a taxa de natalidade (número de nados vivos por mil habitantes) foi de 11,7% (11,1% nos Açores) e a taxa de mortalidade (número de óbitos por mil habitantes) foi de 8,9% no concelho (9,6% na Região). A taxa de nupcialidade foi de 3,6% na Lagoa e 4,1% nos Açores e a taxa de divórcio foi de 2,07% no concelho de Lagoa e 3,1% na Região.

Destaca-se, ainda, que o índice de envelhecimento (número de residentes com 65 ou mais anos por 100 residentes com menos de 15 anos) foi de 47,6%, um valor bastante inferior à média regional que regista 75,4%, em 2011. Relativamente à taxa de mortalidade infantil nota-se uma diminuição, o que demonstra uma melhoria significativa da qualidade de vida da população, nomeadamente a nível de cuidados de saúde e de alimentação.

 

Sector Económico

Com base nos dados dos censos de 2011, nota-se que o concelho de Lagoa conta com uma população ativa (cidadãos no mercado de trabalho) de 5.758 pessoas empregadas. A taxa de atividade na Lagoa é de 46,13%, enquanto que a taxa da Região é de 46,6%. Nesta área, verifica-se que 4666 indivíduos são trabalhadores por conta de outrem, seguindo-se os empregadores, que são 521 e 345 trabalhadores por conta própria. Os trabalhadores familiares não remunerados apresentam uma quantidade de 157 indivíduos e os membros ativos de cooperativa, 4. Encontram-se, ainda, em situações de trabalho 65 indivíduos da população ativa.

De acordo com os censos de 2011, conclui-se que a nível empresarial, na Lagoa encontram-se sediadas 1121 empresas (Empresas <st1:personname w:st="on" productid="em Nome Individual">em Nome Individual e Sociedades em Atividade), o que representa 2,3% das empresas sediadas na Região Autónoma dos Açores.

O concelho de Lagoa encontra-se na primeira metade dos 19 concelhos dos Açores, verificando-se o seu desenvolvimento económico.

No concelho lagoense, predominam as empresas de comércio e construção, setor terciário, que em 2011, é o setor predominante no concelho de Lagoa, tendo em conta que 50% da população ativa encontra-se a exercer, na sua maioria, profissões ligadas ao comércio. No que diz respeito às empresas de comércio por grosso e retalho e reparação de veículos automóveis, motociclos e uso de bens pessoais e domésticos, em 2011, no concelho havia cerca de 1107 empregadas neste setor, e 190 empresas desta área. No que diz respeito à construção, segundo os censos de 2011, havia 166 empresas de construção que empregava cerca de 636 indivíduos.

No que diz respeito à agricultura, produção animal e pecuária, caça, floresta e pesca, verifica-se que, em 2011, havia 197 empresas e empregava cerca de 473 pessoas, o que corresponde a uma ocupação de cerca de 17,6% da população ativa, sendo certo que destas 197 empresas, 11 constituíam sociedades em atividade. Quanto aos dois portos pesqueiros deste Município, na freguesia de Nossa Senhora do Rosário e em Água de Pau, são portos de pesca, à semelhança dos restantes portos da ilha.

Na área de hotelaria e restauração, em 2011 a Lagoa detinha 77 empresas de alojamento e restauração e similares. A Lagoa começa a despontar para o desenvolvimento turístico com a dinamização de modernas infraestruturas de carácter público, mas é o lugar da Caloura, em Água de Pau, que continua a evidenciar a sua mais emblemática beleza paisagística, com a pitoresca baía do porto de pescas, as piscinas naturais, a praia da Baixa d’Areia, as quintas tradicionais e o antigo mosteiro do Vale de Cabaços, conhecido por Convento da Caloura.

Segundo o Anuário Estatístico dos Açores, em 2011, o concelho apresentava 11 estabelecimentos de alojamento turístico.

Contudo, realça-se que esta capacidade é assegurada devido aos estabelecimentos hoteleiros, que representam cerca de 85% do número de camas, sendo que o Caloura Hotel Resort, de 4 estrelas, possui 160 camas e representa 45,2% da capacidade total de alojamento. O concelho registava, ainda, estabelecimentos de alojamento turístico com capacidade de alojamento de cerca de 418 camas.

 

Saúde
No âmbito da saúde, o concelho de Lagoa abriga uma unidade de saúde e dois postos de saúde, localizados na freguesia de Nossa Senhora do Rosário e na freguesia de Água de Pau. De acordo com dados do Anuário Estatístico da Região Autónoma dos Açores de 2011, na Lagoa, existia 1 unidade e 2 postos de saúde, com 5 médicos e com 13 enfermeiros. Registaram-se 11.745 consultas de medicina geral e familiar e clínica geral, bem como planeamento familiar, saúde materna e Saúde do recém-nascido, da criança e do adolescente.

 

Educação

O concelho de Lagoa, em 2011, conta com 11 estabelecimentos de ensino pré-escolar, 10 do básico, 1 do secundário. O número de alunos matriculados é de 2869 (19,8% da população).

Ainda no âmbito da educação, de acordo com os dados recolhidos nos censos de 2011, conclui-se que a taxa de analfabetismo, no Concelho, é de 4,7%, enquanto na Região Autónoma dos Açores é de 4,68%.

Quanto ao grau de instrução, com base nos Censos de 2011, refira-se que 862 indivíduos têm formação superior, 86 possuem o ensino médio e 1128, o ensino secundário. Refira-se ainda que, 4033 indivíduos concluíram apenas o 1.º ciclo, 2838 concluíram o 2.º ciclo e 2186 concluíram o 3.º ciclo. Nota-se com base nestes resultados que, houve um aumento de indivíduos com o ensino superior e médio, em relação ano de 2001, sendo que se notou uma pequena descida no número de indivíduos que detêm o ensino secundário em relação a 2001, cujo valor era de 1439.

 

Habitação

Desde a década de 40, que o Concelho de Lagoa apresenta uma constante evolução do parque habitacional. Em 2011, no concelho de Lagoa, o parque habitacional era composto por 4665 edifícios e 5048 fogos, incluindo os alojamentos clássicos. Nos anos de 1991/2011, nas freguesias do concelho também se notou um acréscimo do parque habitacional, sobretudo na freguesia de Nossa Senhora do Rosário, que em 2011, apresentava 1737 fogos, representando cerca de 34% do parque habitacional do concelho. Segue-se, a freguesia de Santa Cruz com 1091 fogos e a vila de Água de Pau com 1051, representado, respetivamente, 22% e 21%.

No ano de 2011, segundo dados do Anuário Estatístico da Região Autónoma dos Açores, na Lagoa, 33 edifícios e 23 construções novas para habitação familiar. Foram ainda vendidos 176 automóveis.

Imprimir
Imprimir
Recuar
Recuar
Avançar
Avançar
Calendar
Title and navigation
<<<Dezembro 2019>>>
Dezembro 2019
dstqqss
24252627282930
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311234

Ver mais
Abrir
Em atualização
Lagoa Investe
Avisos
Leituras de Água
Editais da Câmara
Ver Links Úteis
2015 Câmara Municipal de Lagoa-Açores. Todos os direitos reservados