MENU
Abrir
Instale a nossa App
 » SÓNIA NICOLAU, DEPUTADA REGIONAL, FOI A CONVIDADA DA SEGUNDA SESSÃO DE EDUCAÇÃO POLÍTICA E PARA A CIDADANIA
SÓNIA NICOLAU, DEPUTADA REGIONAL, FOI A CONVIDADA DA SEGUNDA SESSÃO DE EDUCAÇÃO POLÍTICA E PARA A CIDADANIA

Decorreu, esta segunda-feira, dia 4 de novembro, mais uma Sessão de Educação Política e para a Cidadania promovida pela área da Cultura do Município de Lagoa, em parceria com a Escola Secundária do concelho (ESL). Esta sessão contou com a presença de Sónia Nicolau, Deputada Regional, oradora que abordou a seguinte temática: “Participa como cidadão! Vamos reduzir a abstenção!”

Igor Espínola de França, coordenador de Educação e Cultura da Câmara Municipal de Lagoa, salientou a importância do tema, relembrando a origem grega da Democracia, e referiu que foi esse modelo de participação direta, em que todos os cidadãos (homens livres, filhos de pai e mãe atenienses) participavam nas tomadas de decisões, que inspirou o nosso regime democrático. Atualmente, vivemos num regime de participação indireta, em que todos podemos votar, escolhendo quem nos vai representar e contribuir para a implementação de políticas que garantam o melhor para a sociedade em que vivemos. “Por isso é muito importante que participemos todos com o nosso voto”, frisou.

A oradora convidada, Sónia Nicolau, iniciou a sessão referindo aos alunos que é uma pessoa comum e que ser deputada é um cargo provisório e não uma profissão. Sublinhou, de seguida, a possibilidade de qualquer pessoa presente no auditório poder vir a ter um cargo político, porque "enquanto cidadãos, nós temos todos os mesmos direitos, essa é a essência da Democracia”, disse a Deputada Regional, eleita no dia 3 de novembro de 2016, acrescentando que “podemos todos votar e ser votados”. 

A convidada referiu, ainda, que “ser deputada é das maiores honras que a vida me concedeu, principalmente por poder defender o interesse público. Os princípios, os valores e as causas para mim são importantes”, explicou Sónia Nicolau, acrescentando que “nós somos eleitos pelo povo, nós somos o povo e estamos onde o povo está”, concluindo que os políticos devem ser próximos daqueles que os elegem. 

Num debate dinâmico, que contou com a participação ativa dos estudantes lagoenses, a oradora colocou várias questões, por forma a consciencializar os alunos sobre a importância do papel que cada um tem na sociedade e mais precisamente, o quanto é fundamental votar. Sónia Nicolau salientou que, se os alunos usufruem da educação, da saúde e dos diversos serviços do Estado, então, estão a exercer os seus direitos sociais, porém, pergunta: “porque não exercem os vossos direitos civis?”

Por outro lado, a convidada incentivou os estudantes da ESL a participarem na vida da sociedade, nas assembleias de freguesia e a fazerem parte de uma associação.

“A maioria da sala aqui presente hoje, representa os Açores em geral, que optam, deliberadamente, por não pertencer a nenhuma associação, por não votarem. Vocês sabem muita coisa, têm imensa informação. Sabem a importância de participar, mas optam, deliberadamente, por não o fazer”, acrescentou a deputada, exemplificando, que muitos alunos e as pessoas em geral, votam, sem sequer lerem os manifestos partidários, ou seja, não votam em consciência.

Sónia Nicolau demonstrou, igualmente, a importância de ser cidadão, de ter orgulho em ser açoriano e de não deixar que ninguém imponha de modo arbitrário o que devemos fazer. “Participem, precisam de intervir na vida social, vão falar, não esperem que os outros resolvam os vossos problemas”, incentivou a oradora, relembrando que os países onde a população mais opina e intervém, são os mais evoluídos.

No que diz respeito à abstenção, Sónia Nicolau evidenciou, através de um gráfico, que em 1975, 92% da população portuguesa foi votar, contra 53% que não votaram este ano, sendo que, atualmente, “com a escolaridade e os conhecimentos, não se percebe porque as pessoas deixam que os outros escolham por eles, porque deixam o futuro nas mãos dos outros”.

A deputada concluiu com as ideias chave para combater a abstenção, nomeadamente: “não deixem que tomem as decisões por vocês; decidam em consciência; intervenham e participem”, acreditando que ficar parado, sem fazer nada, sem ir votar, é “meio caminho andado para o fim da Democracia”.

Concluída mais esta sessão a autarquia prossegue o seu propósito de, através da educação não-formal, sensibilizar os jovens lagoenses para a necessidade de se exercer uma cidadania mais ativa, mais crítica e reivindicativa, de modo a fortalecer a participação cívica entendida como um pilar da vivência democrática.

        
        

Imprimir
Imprimir
Recuar
Recuar
Avançar
Avançar
Calendar
Title and navigation
<<<Novembro 2019>>>
Novembro 2019
dstqqss
272829303112
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
1234567

Ver mais
Abrir
Em atualização
Lagoa Investe
Avisos
Leituras de Água
Editais da Câmara
Ver Links Úteis
2015 Câmara Municipal de Lagoa-Açores. Todos os direitos reservados